Mês: agosto 2018

Consuno Honda CG 160 2018 - 1

Consumo Honda CG 160 2018

Consumo Combustível Honda CG 160 2018. Média consumo e autonomia da moto Honda CG 160 2018 andando com Gasolina e Álcool/Etanol, na cidade e estrada.

Honda CG 160 2018 a moto mais vendida da Honda em 2018,  se tornou popular entre muitos que buscam por um modelo econômico para o dia a dia, que tenha um ótimo consumo de combustível, ideal para quem quer economizar muito combustível. A  Honda CG 160 2018 possui motor do tipo monocilíndrico com sistema de comando de válvula no cabeçote OHC, quatro tempos, arrefecido a ar e injeção eletrônica PGM-FI.

Consumo Honda CG 160 2018 Gasolina:

– Consumo Cidade/Urbano: 30 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 35 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de gasolina (16,1 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 483 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 563,5 quilômetros.

Consumo Honda CG 160 2018 Álcool:

– Consumo Cidade/Urbano: 23 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 28 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de álcool (16,1 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 370,3 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 450,8 quilômetros.

Potência Honda CG 160 2018
Andando na gasolina 14,9 cv a 8.000 rpm
Andando no álcool/etanol 15,1 cv a 8.000 rpm

Peso Honda CG 160 2018
121 Kg

Fotos Honda CG 160 2018

Você possui uma Honda CG 160 e deseja compartilhar com os leitores qual o consumo de sua Honda CG 160 2018? Deixe abaixo no formulário de comentários o seu depoimento / relato do consumo da CG 160.

Lista Consumo Honda

Site Oficial Honda CG 160

Consumo Honda XRE 190 - 2

Consumo Honda XRE 190

Consumo Combustível Honda XRE 190. Média consumo e autonomia da Honda XRE 190 andando com Gasolina e Álcool/Etanol, na cidade e estrada.

A Honda XRE 190 é dona de um painel digital completo, inclusive com medição de consumo (médio e instantâneo). O consumo da Honda XRE 190 agradou bastante, com médias superiores a 27 km/litros usando etanol/álcool. Já o tanque, com tampa tipo aviação, leva 13,5 litros, o que rende boa autonomia mesmo em viagens.

Consumo Honda XRE 190 Gasolina:

– Consumo Cidade/Urbano: 24 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 30 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de gasolina (13,5 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 324 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 405 quilômetros.

Consumo Honda XRE 190 Álcool:

– Consumo Cidade/Urbano: 20 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 27 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de álcool (13,5 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 270 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 364,5 quilômetros.

Potência Honda XRE 190
Andando na gasolina 16,3 cv a 8.500 rpm
Andando no álcool/etanol 16,4 cv a 8.500 rpm

Peso Honda XRE 190
127 Kg

Fotos Honda XRE 190

Caso você queira compartilhar com os leitores qual o consumo de sua Honda XRE 190, poderá deixar abaixo no formulário de comentários o seu relato/depoimento referente ao consumo desta moto.

Lista Consumo Honda

Site Oficial Honda CG 160

Consumo Yamaha Crosser 150 - 1

Consumo Yamaha Crosser 150

Consumo Combustível Yamaha Crosser 150. Média consumo e autonomia da Yamaha Crosser 150 andando com Gasolina e Álcool/Etanol, na cidade e estrada.

O consumo da Yamaha Crosser 150 esta dentro do que se espera de uma moto desta classe. Abastecendo a moto com álcool/etanol a Yamaha Crosser 150 anda mais e o consumo pode aumentar em média 10%. Pegamos a moto com 600 km rodados e a primeira média entre estrada e cidade ficou em 30,6 km/l e o último tanque que enchemos a média ficou em 32,1 km/l. Vale ressaltar que se o estilo de pilotagem for sempre com aceleração cuidadosa e velocidades menores, o consumo da Yamaha Crosser 150 pode melhorar bastante, como já se viu relatos de pilotos que conseguem médias superiores a 38 km/l, mas no uso forte que o trânsito agressivo das grandes cidades exige do motociclista isso não é possível.

Consumo Yamaha Crosser 150 Gasolina:

– Consumo Cidade/Urbano: 31 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 35 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de gasolina (12 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 372 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 420 quilômetros.

Consumo Yamaha Crosser 150 Álcool:

– Consumo Cidade/Urbano: 27 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 30 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de álcool (12 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 324 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 360 quilômetros.

Potência Yamaha Crosser 150
Andando na gasolina 12,2 cv / torque 1,28 kgfm
Andando no álcool/etanol 12,4 cv / torque 1,29 kgfm

Peso Yamaha Crosser 150
131 Kg

Fotos Yamaha Crosser 150

Você é um proprietário da Yamaha Crosser 150 e deseja compartilhar qual o consumo de sua Yamaha Crosser 150, deixe abaixo no formulário de comentários o seu depoimento/relato.

Lista Consumo Yamaha

Site oficial Yamaha

Kit vapor promete economia de combustível

Kit injeção de hidrogênio promete economia de combustível

Kit ‘engana’ inteligência do carro e promete economia na gasolina. Motoristas estão instalando mecanismo de Injeção de hidrogênio que promete economizaria entre 30 a 50% no bolso do motorista.

Matéria publicada no site do G1 traz informações bem animadoras pra quem está gastando muito com  consumo de combustível de seu carro.

Com o preço da gasolina cada ano mais caro, motoristas estão tentando diminuir em até 50% o consumo de combustível instalando um kit que promete aumentar a autonomia do carro.

A engenhoca, que custa entre R$ 100,00 e R$ 500,00, injeta hidrogênio na câmara de combustível do veículo. Com isso, o Kit “engana” os sensores dos carros, levando a entender que é preciso reduzir a gasolina enviada para o motor.

Na matéria do G1, Marcos Lins entrevistado pelo G1 garantiu que o consumo de seu carro melhorou bastante após a instalação do Kit, passando de 11 km/litro para 22 km/litro, uma melhora extremamente significativa. “Meu veículo é um carro popular 1.0. Senti que ele ficou mais forte, melhor para andar. Parece até que coloquei um aditivo nele” disse Marcos Lins.

Outro entrevistado na matéria Almir Lima de 42 anos, disse que indicaram a ele o Kit. Com todo o sistema instalada há dois meses, ele conta que o carro passou de 10 km/litro para 16 km/litro.

Segundo mecânico Paulo, que instala estes Kits na cidade, diz que essa tecnologia existe desde os anos 2000 nos Estados Unidos, mas só agora está chegando no Brasil.

O Mecânico também alerta para a qualidade dos Kits que já estão disponíveis no mercado. “Temos kits bons no mercado, que são esses mais caros, e, para baratear o custo da instalação, há quem esteja fabricando de forma artesanal estes Kits, o que diminui e muito a qualidade. Esses kits caseiros estão queimando o mercado, os Kits certos garantem uma economia de 50 a 80% no consumo de combustível, dependendo também de como a pessoa dirige o carro e se o veículo está com a revisão em dia”, acrescenta o mecânico.

O professor de engenharia mecânica do Senai de Santo Amaro (também entrevistado na matéria), na região central do Recife, Diego Rafael da Silva, aprova este Kit e menciona que gostaria de instalar em seu carro para testar seu funcionamento. O professor ainda garante que não há possibilidade de nenhum resíduo de potássio migrar para o motor, mas tem uma preocupação de quanto ao tempo de vida motor terá.

“O hidrogênio aumenta a potência do motor, o que pode ocasionar um calor excessivo e prejudicar esse tempo de vida, mas estão fazendo uma propaganda grande por conta da economia. Acredito que vale a pena experimentar já que ajuda o meio ambiente o nosso bolso”, conclui o professor Diego Rafael da Silva.

 

Como funciona este Kit

Kit injeção de hidrogênio promete economia de combustívelO kit é bem leve, pesa em média 2 kg e é composto por uma célula que proporciona uma descarga elétrica na água, duas mangueiras, fusível de segurança e um reservatório (este é o Kit mais básico e mais barato).

Nos modelos mais caros ainda há um sistema eletrônico que é instalado no escape do Carro. A função é dar a entender à inteligência do carro que não há nenhuma alteração no tipo de combustível usado.

No reservatório, é adicionada água destilada e três gramas de potássio. Esses dois elementos são responsáveis por proporcionar a alma de todo o mecanismo: a eletrólise, que é a separação dos átomos de hidrogênio dos de oxigênio da água.

Geralmente, a maior parte da gasolina é liberada pelo escapamento em forma de hidrocarboneto. O papel do hidrogênio seria catalisar essa queima de todo combustível dentro da câmara de combustão.

E você instalaria este kit em seu carro? Ja testou alguma vez? Deixe abaixo no formulário de comentários qual a sua opinião sobre o assunto. 

Troca Correia Dentada Vectra 2011 2.0. Quantos Km?

Troca Correia Dentada Vectra 2011 2.0

Esquecer ou simplesmente não trocar a Correia Dentada do Vectra 2011 2.0 no tempo certo, poderá trazer para você uma enorme dor de cabeça além de um grande prejuízo financeiro.

Essa revisão é muito importante, caso a Correia Dentada do Vectra 2011 2.0 se rompa, você poderá ter que refazer praticamente todo motor do carro. Tentar economizar não fazendo a manutenção preventiva nos prazos estipulados, poderá fazer você ter um gasto muito maior no futuro.

Fique atento para sempre fazer a manutenção preventiva de seu Vectra 2011 2.0 no tempo certo, manter as revisões em dia é importante para você evitar problemas mais graves.

Correia Dentada Vectra 2011 2.0. Com quantos Km devo trocar a Correia Dentada do Vectra 2.0?

No geral os mecânicos costumam aconselhar a troca da correia dentada sempre entre 40 e 60 mil quilômetros rodados, mas é importante sempre verificar o manual do Vectra 2011 2.0 para verificar o tempo correto para a troca.

Outra dica importante para quem está comprando carro usado, verifique a a correia dentada imediatamente após a compra do carro, mesmo o proprietário anterior garantindo que tenha as revisões em dia, trocar a correia dentada logo ao comprar um carro usado é de muita importância, afinal, ninguém sabe como o motorista anterior cuidava do carro e/ou dirigia o carro.

Consultando no manual oficial do Vectra 2011 2.0, a GM recomenda a troca da Correia Dentada sempre com 50 mil Km rodados ou 5 anos de uso (o que acontecer primeiro).

Veja abaixo no print do Manual Oficial do Vectra 2011 2.0:
Troca Correia Dentada Vectra 2011 2.0. Quantos km

Caso você dirija com muita frequência em estradas com muita poeira, arenosas ou lamacentas, efetuar um controle do estado da correia dentada do Vectra 2011 sempre um pouco antes do prazo estipulado por padrão. Dirigir nessas condições pode fazer a correia se desgastar um pouco antes do previsto.

Ao trocar a correia dentada do Vectra 2011 2.0, você deverá também trocar o tensor da correia, que é por onde a correia gira. Se o tensor estiver com problemas e travar, você também terá problemas com a Correia Dentada. Essa peça sempre desgasta bastante com o tempo, portanto, troque sempre o tensor ao trocar a correia dentada.

Veja nesse post, Como aumentar a vida útil da correia dentada.

Consumo Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017 - 1

Consumo Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017

Consumo Combustível Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017 Diesel. Média consumo e autonomia andando com a Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017 Diesel na estrada e na cidade.

Consumo Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017 Diesel:

– Consumo Cidade/Urbano: 10 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 11 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de gasolina (80 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 800 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 880 quilômetros.

Potência Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017
– 127 cavalos.
– Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017 faz de 0 a 100 Km/h em 22 segundos.

Peso da Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017
– 2310 Kg

Fotos Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017

Caso você queira, poderá deixar abaixo no formulário de comentário, o depoimento dizendo qual a média de consumo da sua Fiat Ducato Minibus Teto Alto 2.3 2017.

Lista Consumo Fiat 

Site Oficial Fiat

Consumo Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018 - 1

Consumo Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018

Consumo Combustível Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018 câmbio CVT de 6 Marchas. Média consumo e autonomia andando com Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018 gasolina na estrada e na cidade.

Consumo Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018 Gasolina:

– Consumo Cidade/Urbano: 8,6 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 11,1 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de gasolina (55 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 473 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 610,5 quilômetros.

Potência Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018
– 128 cavalos.
– Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018 faz de 0 a 100 Km/h em 13 segundos.

Peso da Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018
– 1350 Kg

Fotos Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018

Deseja compartilhar com todos os leitores do Blog qual o consumo de seu Lifan X60 Vip 1.8 AT 2018? Deixe abaixo no formulário de comentários qual a média de consumo que você faz com sua X60 1.8 da Lifan na estrada e na cidade.

Lista de Consumo carros Lifan

11 Maneiras de Melhorar o Consumo de Combustível do Seu Carro

11 Maneiras de Melhorar o Consumo de Combustível do Seu Carro

Como melhorar o consumo de combustível?

Se você está preocupado com o preço do combustível, seu carro está consumindo combustível acima da média, você deve seguir essas dicas abaixo, que irão lhe ajudar a diminuir o consumo de combustível de seu carro no dia a dia.

Você sabia que um veículo pode queimar até 30% a mais de combustível se a manutenção adequada não for realizada regularmente? Nós todos sabemos a importância da manutenção regular do carro, mas por muitas razões, nós apenas não fazemos isso com a frequência necessária.

Essas dicas abaixo vão ajudar você a usar cada gota de combustível que você derramar em seu tanque.

1. Remover peso
Remova o excesso de peso. Retire objetos volumosos desnecessários do carro. Quanto mais leve o seu carro estiver, mais econômico ele vai ser.

2. Reduzir os kits do carro
Remova o kit de transporte externo, como caixas de teto ou bicicletários, sempre que eles não estiverem sendo usados. O carro tem que trabalhar mais para cortar o ar devido à resistência extra do vento que esses itens criam.

3. Manutenção em dia
Mantenha seu carro bem conservado e com as revisões em dia. Você sabia que um veículo pode queimar até 30% a mais de combustível se a manutenção adequada não for realizada regularmente?

4. Mantenha os pneus sempre calibrados
Verifique a pressão dos seus pneus pelo menos uma vez por mês. Pneus com a calibragem muito baixa, queimam mais combustível que o normal, a resistência ao rolamento dos pneus aumenta em até 5%.

5. Planejar suas viagens
Planeje sua jornada antes de ir viajar. Se possível vite trafegar em horários de maior movimento, e, pegue o mapa ou GPS para evitar se perder e dirigir mais longe do que o necessário.

6. Desligue o ar condicionado
A menos que esteja muito quente no carro, deixe o ar-condicionado desligado. Usá-lo pode sobrecarregar o motor e queimar mais combustível, especialmente em baixas velocidades. O mesmo vale para pára-brisas aquecidos, desembaciadores e outros aparelhos elétricos.




7. Troque de marcha mais cedo
Seja gentil e mude de marcha cedo. Acelere e freie suavemente, e mude para uma marcha mais alta o quanto antes. Como um guia geral, mude antes de 2000 rpm em um veículo a diesel e 2500 rpm em carro a gasolina, sem deixar o motor lutar em baixas rotações.

8. Use o Stop/Start
Muitos carros modernos já são equipados com tecnologia Stop/Start, o que pode ser ótimo se você deixá-lo funcionar corretamente.

9. Obedeça os limites de velocidade
Atenha-se aos limites de velocidade. Pesquisa mostra que andar a 100 km/h usa até 25% mais combustível do que você andar a 80 km/h.

10. Qualidade do Combustível
Abasteça sempre em postos de gasolina com procedência. A adulteração de combustível é um grave problema no Brasil e que pode provocar graves danos no motor – ou, na hipótese menos grave, aumentar o consumo de combustível do veículo.

11. Velas sujas e defeitos nas bobinas
Outros problemas que afetam diretamente o consumo de combustível são velas sujas, defeitos nos cabos de vela ou nas bobinas. Esses problemas podem ser identificados com relativa facilidade, pois provocam redução de potência e falhas na aceleração.

Troca Correia Dentada Agile 1.4. Quantos km trocar

Troca Correia Dentada Agile 1.4. Quantos Km?

Troca Correia Dentada Agile 1.4

Esquecer ou simplesmente não trocar a Correia Dentada do Agile 1.4 no tempo certo, poderá trazer para você uma enorme dor de cabeça além de um grande prejuízo financeiro.

Caso a Correia Dentada do Agile 1.4 se romper, você poderá ter que refazer praticamente todo motor do carro. Tentar economizar não fazendo a manutenção preventiva nos prazos estipulados, poderá fazer você gastar muito mais lá na frente, o barato pode sair muito caro.

Fique atento para sempre fazer a manutenção preventiva de seu Agile 1.4 no tempo certo, manter as revisões em dia é importante para você ter sempre o seu carro em perfeitas condições, além de lhe proporcionar mais segurança na estrada.

Correia Dentada Agile 1.4. Com quantos Km devo trocar a Correia Dentada do Agile 1.4?

No geral os mecânicos costumam aconselhar a troca da correia dentada dos carros sempre entre 40 e 60 mil quilômetros rodados, mas é importante sempre verificar o manual de seu Agile 1.4 para poder coletar essa informação de forma mais precisa, este período pode variar muito dependendo do carro.

Vale ressaltar também, quem compra carro usado, costuma sempre trocar a correia dentada imediatamente após a compra do carro, mesmo o proprietário anterior garantindo que tenha as revisões em dia, trocar a correia dentada logo ao comprar um carro usado é de muita importância, afinal, ninguém sabe como o motorista anterior cuidava do carro.

Consultando no manual oficial do Agile 1.4, a Chevrolet recomenda a troca da Correia Dentada sempre com 50 mil Km rodados ou 5 anos de uso (o que acontecer primeiro).

Veja abaixo no print do Manual do Agile 1.4:
Troca Correia Dentada Agile 1.4. Quantos km.fw

Caso você dirija com muita frequência em estradas com muita poeira, arenosas ou lamacentas, efetuar um controle do estado da correia dentada sempre a cada 15.000 km e, se necessário, efetuar a sua substituição.

Ao trocar a correia dentada do Agile 1.4, você deverá também trocar o tensor da correia, que é por onde a correia gira. Se o tensor estiver com problemas e travar, você também terá problemas com a Correia Dentada. Essa peça sempre desgasta bastante com o tempo, portanto, troque sempre o tensor ao trocar a correia dentada.

Veja nesse post, tudo sobre Revisão Programada do Agile 1.4

Troca Correia Dentada Palio Fire Economy. Quantos Km?

Troca Correia Dentada Palio Fire Economy

Esquecer ou simplesmente não trocar a Correia Dentada do Palio Fire Economy no tempo certo, indicado pelo manual do proprietário, poderá trazer para você uma enorme dor de cabeça além de um grande prejuízo financeiro.

Se a correia dentada do Palio Fire Economy se romper, você poderá ter que refazer praticamente todo motor do carro. Tentar economizar não fazendo a manutenção preventiva nos prazos estipulados, poderá fazer você gastar muito mais lá na frente, o barato pode sair muito caro.

Fique atento para sempre fazer a manutenção preventiva de seu Palio Fire Economy, manter as revisões em dia é importante para você ter sempre o seu carro em perfeitas condições, além de lhe proporcionar mais segurança na estrada.

Correia Dentada Palio Fire Economy. Com quantos Km devo trocar a Correia Dentada do Palio Fire?

No geral os mecânicos costumam aconselhar a troca da correia dentada dos carros sempre entre 40 e 60 mil quilômetros rodados, mas é importante sempre verificar o manual de seu Palio para poder coletar essa informação de forma mais precisa.

Quem compra carro usado, costuma sempre trocar a correia dentada imediatamente, mesmo o proprietário anterior garantindo que tenha as revisões em dia, trocar a correia dentada logo ao comprar um carro usado é de muita importância, afinal, ninguém sabe como o motorista ou os motoristas anteriores, cuidavam exatamente do carro.

Consultando no manual do Palio Fire Economy, a Fiat recomenda a troca da Correia Dentada do Fiat Palio Fire Economy apenas com 60 mil Km rodados ou 3 anos de uso do carro (o que acontecer primeiro).

Veja abaixo no print do Manual do Palio Fire Economy:
Troca Correia Dentada Palio Fire Economy. Quantos km

Caso você dirija com muita frequência dm estradas poeirentas, arenosas ou lamacentas, efetuar um controle do estado da correia dentada sempre a cada 15.000 km e, se necessário, efetuar a sua substituição.

Ao trocar a correia dentada do Palio Fire Economy, você deverá também trocar o tensor, que é por onde a Correia gira. Se o tensor estiver com problemas e travar, você também terá problemas com a Correia Dentada. Essa peça sempre desgasta bastante com o tempo, portanto, troque sempre o Tensor ao trocar a Correia Dentada.

Quantos litros de oleo vai no Celta Flex Power 1.0 2008-2010

Quantos litros de oleo vai no Celta Flex Power 1.0 2008-2010

Quantos Litros de Oleo Vai no Celta Flex Power 1.0 2008-2010?

Capacidade cárter do motor Celta Flex Power 1.0 2008-2010 (sem o filtro de óleo) 3,25 litros.
Capacidade filtro de óleo 0,25 litro.

Qual o tipo de óleo é recomendado para o Celta Flex Power 1.0 2008-2010?

O tipo de óleo especificado é de classificação API-SL/SM/SN ou superior e de viscosidade SAE 5W30.

Trocar o óleo do Celta Flex Power 1.0 2008-2010 com quantos km trocar?

Troque o óleo do motor de seu Celta a cada 10.000 km rodados ou 12 meses de tempo, o que ocorrer primeiro, sempre com o motor quente.

Se o carro estiver sujeito a condições severas de uso, Troque o óleo com o motor quente a cada 5.000 km ou 6 meses, o que ocorrer primeiro.

As trocas de óleo do Celta Flex Power 1.0 deverão ser executadas de acordo com os intervalos de tempo ou quilometragem percorrida, dado que os óleos perdem as suas propriedades de lubrificação não só devido ao trabalho do motor, mas também por envelhecimento.

Quando trocar o filtro de óleo do Celta Flex Power 1.0 2008-2010?

O filtro de óleo deve ser trocado a cada duas trocas de óleo do motor e obrigatoriamente na primeira troca de óleo do motor.

Consumo Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel TD4 2018 - 3

Consumo Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel TD4 2018

Consumo Combustível Range Rover Evoque SE 2.0 TD4 2018 Motor Diesel. Média consumo e autonomia andando com Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel na estrada e na cidade.

Consumo Range Rover Evoque SE 2.0 TD4 2018 Diesel:

– Consumo Cidade/Urbano: 11,9 Km/Litro.
– Consumo Estrada/Rodovia: 15,8 Km/Litro.

Autonomia: com um tanque de gasolina (54 litros) você pode rodar até:
– Cidade/Urbano: 642,6 quilômetros.
– Estrada/Rodovia: 853,2 quilômetros.

Potência Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel TD4 2018
– 180 cavalos.
– Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel TD4 2018 faz de 0 a 100 Km/h em 9 segundos.

Peso da Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel TD4 2018
– 1675 Kg

Fotos Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel TD4 2018

Caso você queira compartilhar com todos qual o consumo de sua Range Rover Evoque SE 2.0 Diesel TD4 2018, poderá deixar abaixo no formulário de comentários o seu depoimento referente ao consumo do carro.

Lista Consumo Carros Land Rover

  • 1
  • 2

Consumo Combustível

Site voltado a consumo de combustível em seu automóvel.

Este é um site do grupo B20